Páginas

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Conjuntos de cozinha

Conjunto de cozinha.







Pensamento do dia:
"Às Vezes construímos sonhos em cima de grandes pessoas... O tempo passa... e descobrimos que grandes mesmo eram os sonhos e as pessoas pequenas demais para torná-los reais!"

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Reforma de Mesa e Cadeiras Tubular

Fiz um resumo de três postagens  feitas em épocas diferentes, mas  formaram um conjunto de uma mesa tubular e as 4 cadeiras, como o procedimento era o mesmo  juntei as postagens para facilitar a visualização do conjunto.

Comecei com a mesa.

Como  não lembrei de tirar foto antes de começar a retirar a tinta, esta foto tem os pés da mesa, um já está sem a tinta e o outro no estado em que estava. Não tirei foto da mesa com o tampo antes, porque ela estava abandonada a mais de cinco anos, desmontada no quintal embaixo de uma cobertura e o tampo estava em outro local.





Usei removedor para retirar toda a tinta. O remover funciona mesmo, é ótimo.

As peças sem a tinta e lavadas com água, sabão e palha de aço.




Não lembrei de tirar a foto após aplicar o ferrolak, material que deve ser aplicado antes da aplicação do esmalte sintético, para evitar que a peça enferruje.

 A primeira demão de esmalte sintético é desanimadora, a peça fica feia mal pintada, somente a partir da segunda demão é que a peça vai ganhando um ar mais bonito.
Não desanime.

A peça pintada com esmalte sintético deve fica livre de impactos durante 20 dias.
Coloque os sapatinhos dela. Se tiver dificuldade de colocá-los, coloque-os na água quente.

Peça esperando para ser montada.



Peça montada



Olha o tampo de vidro, perfeito.




Agora vou mostrar as duas cadeiras que encontrei junto com a mesa.


Não estão as duas na foto, mas eram duas.

Elas estavam abandonadas no quintal de minha mãe. 




O procedimento foi o mesmo que usei na mesa, mas na cadeira fotografei melhor.
Usei removedor, para retirar toda a tinta velha.


Lavei com água e sabão para retirar o removedor.  Gosto de lavar pois retira os restos de  tinta e o removedor.


Veja a diferença da cadeira lavada e sem lavar.
Esta está sem lavar.


Esta está lavada.

Já com a primeira demão de esmalte.


Cadeira pronta.



As cadeiras ficaram ótimas as fotos é que ficaram horríveis.


Agora são as cadeiras que encontrei no ferro velho, pra forma o conjunto.


As cadeiras foram salvas de um ferro velho, comprei cada uma por R$ 3,00.

Olha elas ai. Não estavam assim, bonitinhas não, nesta foto eu já tinha retirado a tinta,


Retirando a tinta velha, com removedor de tinta.
Quando aplicamos o removedor a tinta fica enrugada, como na foto abaixo.




Agora é só remover toda a tinta com uma faca ou uma espátula.
Peça com a tinta removida.


Peça lavada com água sabão e esponja com palha de aço, para retirar o removedor e facilitar na hora de lixar.



Agora é só lixar, passar um pano para retirar o pó e aplicar o ferrolak.
Peça aplicada o ferrolack. Já está com outra cara.


Aplicar o esmalte sintético.
Peça com a primeira demão de esmalte.


Olha ela aí.





Como já falei anteriormente esta postagem é a junção de três antigas postagens. nunca tirei uma foto do conjunto pronto, vou ficar devendo. Abaixo segue o passo a passo e todo o material usado.



Passo a passo


1. Aplique o removedor de tinta. Após aplicar o removedor , minutos depois a tinta fica toda enrugada, retire toda a tinta velha com uma faca ou espátula. O removedor facilita bastante o trabalho e retirar a tinta por completo em minutos.

Obs: Muito cuidado ao usar o remover, use óculos e luvas, pois trata-se de um material altamente corrosivo e queima a pele.

2. Limpe com um pano umedecido em solvente para retirar todo o removedor de tinta, caso a peça não esteja bem limpa, a tinta pode não fixar. Eu costumo lavar as peças com água, sabão e uma esponja com palha de aço, isso ajuda bastante a retirar o removedor e deixa a peça bem limpa, facilitando na hora de lixar.

3. Lixe a peça com lixa para ferro nº 100 ou 120.

4.Retire todo o pó da peça com um pano umedecido em solvente.

5. Aplique o zarcão ( Ferrolack.) . Aguarde secar, aplique outra demão se necessário.Cuidado com a escolha do pincel, escolha um pincel para ser utilizado em solvente e esmalte, um pincel de qualidade ruim pode colocar seu trabalho a perder. Eu uso o da tigre de cabo branco, muito bom.

6.Aplique o esmalte sintético, aguarde o tempo de secagem, aplique a segunda demão.
O segredo da pintura é colocar pouca tinta no pincel, para que não escorra.
 Geralmente os esmaltes sintéticos vem pronto para uso, mais eles secam muito rápido e fica ruim para pintar, por este motivo eu diluo.

Obs.: O esmalte sintético a base de água deve ser diluído com água, o esmalte sintético a base de solvente deve ser diluído em solvente.

7. Depois de pintar a peça, deixe-a descansar por 20 dias, pois neste período ela arranha facilmente.



Material usado



Removedor de tinta     900 ml                   R$ 14,74
  
Três Lixas para ferro nº 100                     R$ 1,38 cada

Pincel                                                       R$ 2,50

Zarcão 900 ml                                          R$ 10,00

Esmalte sintético 900 ml                           R$ 16,01

Solvente ou aguarrás     900 ml                R$  9,00

Total                                                       R$ 53,63


Com este material foi possível pintar quatro cadeiras, um paneleiro e uma mesa tubular .

Fotos dos materiais:

Removedor de tinta. Muito bom é gel não escorre, fácil aplicação e  retira toda a tinta de modo fácil e rápido. Recomendo.


Pincel  da tigre. Muito bom, não solta o pelo na hora da pintura.



Zarcão ou Ferrolack.


Eu prefiro usar o ferrolack, pois na primeira demão você já percebe a diferença. Muitas vezes não sendo necessário uma segunda demão. Ele pode ser encontrado na cor branca, sendo desnecessário a pintura com esmalte sintético.
E ele pode ser aplicado em metais, aço , madeira e em galvanizados.
Este custa R$19,00.


Esmalte sintético. Muito bom, a  secagem é rápida.
Este aí é a base de solvente. 
Mas a coral já tem um esmalte sintético a base de água, muito bom.



Caso tenham usado produtos e queiram indicar, coloquem no comentário.

Um abraço.



Quem sou eu

Minha foto
Camaçari, Bahia, Brazil
"Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes, mas não esqueço de que minha vida é a maior empresa do mundo. E que posso evitar que ela vá à falência. Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver, apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise. Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da própria história. É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma. É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida. Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos. É saber falar de si mesmo. É ter coragem para ouvir um não. É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta." Augusto Cury